Uma marca Alvorecer
   

Saiba como prevenir doenças respiratórias no inverno com 6 dicas

julho 16, 2018 0
217027-saiba-como-prevenir-doencas-respiratorias-no-inverno-com-6-dicas.jpg

Em dias mais frios, é muito comum contrair gripes e resfriados, principalmente as crianças e os idosos, que têm o sistema imunológico mais fragilizado. Nesse sentido, é muito importante saber como prevenir doenças respiratórias no inverno, para que não haja complicações na saúde.

A prevenção dessas doenças é possível adotando um conjunto de ações que auxiliam no fortalecimento do organismo e promovem controle da qualidade do ar no ambiente.

Neste artigo, vamos abordar as causas das inflamações e infecções respiratórias e as principais formas de combatê-las. Confira as nossas dicas!

Quais são as causas das doenças respiratórias?

No inverno, ocorre a inversão térmica — quando uma camada mais pesada de ar frio desce à superfície terrestre, retendo os poluentes irritantes das vias respiratórias. Esses poluentes carregam vírus e bactérias, responsáveis pela transmissão de diversas doenças.

Os vírus e bactérias são transmitidos de uma pessoa para outra por meio de gotículas de secreção no ar, bem como pelo contato das mãos com objetos que podem carregar microrganismos causadores de infecções.

Como prevenir doenças respiratórias no inverno?

Nessa estação do ano, as pessoas preferem ambientes fechados, facilitando, dessa forma, a proliferação de microrganismos, como vírus, bactérias, ácaros e fungos.

Para prevenir essas doenças, é fundamental cuidar da alimentação e bem-estar geral, incluindo a prática de exercícios físicos, cuidados com a higiene pessoal e com a qualidade do ar. Veja, a seguir, como isso pode ser feito:

1. Tomar a vacina da gripe

Os postos de saúde e as clínicas especializadas contam com algumas vacinas para a prevenção de infecções respiratórias como a gripe e que podem proteger contra o vírus influenza, que também causa pneumonia. Contudo, elas devem ser sempre indicadas por um médico.

É importante observar que a vacina protege somente contra os vírus definidos em sua fórmula. Assim, algumas pessoas podem ficar resfriadas, embora tenham se vacinado.

2. Controlar a umidade do ar

O clima muito seco é prejudicial à saúde. Além dos problemas respiratórios, a baixa umidade do ar pode desencadear dores de cabeça, irritações nos olhos, nariz, garganta e pele.

É necessário equilibrar a umidade do ar para alcançar os níveis ideais no ambiente, já que a umidade excessiva também causa o aparecimento de mofo e as alergias. Para tanto, pode-se utilizar um desumidificador, que mede e retira do ar somente a umidade excessiva, garantindo mais saúde e bem-estar.

3. Evitar lugares fechados

A aglomeração de pessoas em um mesmo ambiente fechado aumenta o risco de transmissão de doenças respiratórias. Os vírus e bactérias ficam concentrados e proliferam.

Dessa forma, é fundamental manter portas e janelas abertas para garantir a troca de ar natural, reduzindo as concentrações de agentes transmissores de doenças.

4. Controlar a rinite alérgica

A rinite é uma inflamação da mucosa das vias aéreas, especialmente do nariz, reduzindo as defesas naturais dessa região. Por esse motivo, ela facilita o desenvolvimento de infecções respiratórias.

É importante evitar os fatores que provocam a rinite, como poeira, ácaros, mofo, pólen e pelos de animais, bem como tratar corretamente, para prevenir complicações que se transformam em resfriados ou sinusite.

5. Manter uma vida saudável

Uma alimentação equilibrada depende essencialmente do consumo de pelo menos três porções diárias de frutas, legumes e verduras. Esses alimentos garantem o suprimento de vitaminas e minerais, promovendo o fortalecimento do sistema imunológico.

Além da alimentação, também é importante praticar exercícios físicos, dormir bem e beber bastante líquido, para manter o corpo hidratado.

6. Higienizar as mãos com frequência

As infecções respiratórias não são adquiridas somente pelo ar — uma das principais formas de contaminação é por meio das mãos. Ao tocar objetos como telefone, maçaneta, corrimão etc., entra-se em contato com diferentes microrganismos.

Ao tocar em algo contaminado e em seguida levar a mão à boca, olhos e nariz, esses agentes alcançam as vias respiratórias provocando diferentes doenças no organismo. Por isso, é muito importante lavar constantemente as mãos ou usar álcool em gel.

Conforme pudemos observar, as doenças respiratórias são diretamente relacionadas à qualidade do ar e higiene pessoal. Sabendo como prevenir doenças respiratórias no inverno é possível evitar complicações.

Gostou das nossas dicas? Para saber como fortalecer o seu organismo, leia também o nosso artigo sobre a sobrenutrição antes e durante as refeições.


COMENTE

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *


A BlueMed

A Blue Med Saúde nasceu com um propósito: oferecer o melhor serviço de saúde às famílias brasileiras.

Av. Ana Costa, 274 – Gonzaga – SP,
11060-002

Últimas Notícias

Fale Conosco

Sac 24 Horas
(11) 3016-9404

(13) 4003-8788 (litoral)

Central de atendimento

Em São Paulo (11) 3016-9404

Baixada Santista (13) 4003-8788